quarta-feira, 19 de novembro de 2008

Divagações

Meu coração inquieto
Traz-me memórias de um futuro incerto
Sonhos que nunca vivi
Lembranças que talvez viverei

Sigo a vida pra chegar
A um lugar de onde não vim
Serei feliz até lá?

O objetivo é o final,
Ou é o caminho?

Saudade nostálgica
Daquilo que não fui
Daquilo que não sou
Um dia, será que serei?

Saudade do que sonhei ser
Mas não vivi.
Viverei?

Tanto tempo desde o nunca
Tanto tempo para o não sei

Raquel Mendonça

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.