sábado, 7 de fevereiro de 2009

Faju... o quê?


Na próxima semana tenho provas finais para o primeiro semestre e hoje estava estudando "Língua Portuguesa no Espaço", que é exatamente o estudo sobre o português no mundo, diale(c)tologia. E na a próxima prova cai (dá-se) o Português no Brasil (e, então, como diria minha professora "O Português no Brasil ou o Português do Brasil?"). Uma das grandes diferenças entre essas variantes é o léxico (o vocabulário), já que no Brasil tivemos a influência das línguas indígenas (em sua maioria o Tupi) e das línguas de origem africana (em sua maioria as que vinham da família Bantu). Além dessas influências no vocabulário tupiniquim - taí o primeiro exemplo - podemos também dizer que o Brasil ainda cultiva ou conserva algumas palavras que aqui em Portugal seriam consideradas arcaicas (o famoso banheiro é uma palavra já arcaica em terras lusitanas, aqui diz-se casa de banho).

Pois bem. Eu disse isso para poder ilustrar mais um capítulo da novela "A cozinha da minha casa". Claro, lá é o lugar onde a maioria das coisas acontece aqui em casa, positivas e negativas, como já foi citado anteriormente. Mas essa é interessante. Estávamos eu e a Soninha (é a 4ª integrante da minha casa, é italiana) conversando sobre o curso de inglês que ela quer fazer agora que acabou a faculdade e não tem praticado tanto o idioma. Falando em (muito) bom português comigo, chegamos a conclusão que ela deveria analisar melhor qual curso frequentar, e eu conclui a nossa conversa dizendo :"para que você não se arrependa de pagar caro por um curso fajuto."
- O que é fajuto, Raquele Mendonça? - disse minha querida italiana.
- é... er... - é tão difícil explicar coisas tão simples, não é mesmo? - vamos perguntar à Patrícia (que é a portuguesa, e que entrava em cena - leia-se na cozinha - naquele momento).
-Oh Patrícia, explica pra Sonia: o que é fajuto?

risos

- Primeiro tu é que tens que me explicar o que é que isso significa.

Entra em cena nosso querido Houaiss.

fajuto: (adj) Regionalismo: Brasil. Uso: informal.
1 de má qualidade
1.1 malfeito, mal executado, mal fabricado, arranjado defeituosamente.
ETIMOLOGIA: origem obscura.

BINGO. (there's was a farm had a dog...)

3 comentários:

  1. Que pena que a patrícia perca este intercâmbio interessante com vocês aí né? ó(P)timo post!

    Bingo! was his name.

    ResponderExcluir
  2. Puxa, e nao é que vc tem razão: explicar a tradução das palavras mais corriqueiras, parece de fato mais complicado!
    Quando a situação é inversa, nem tento traduzir mais, apenas vou pelo feeling hehe (isso lá quando meu feeling anda ajustado, claro) hehe
    Besitos

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.