domingo, 24 de abril de 2011

Recarta

Querido Rodin,

Assim como ela lhe disse tempos atrás,
"Il y a toujours quelque chose d'absent qui me tourmente", há sempre algo ausente que me atormenta. Ainda.

Ass. Raquel sem muitos Sonnenstrahlen

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.