quinta-feira, 28 de julho de 2011

Há um ano

Assim, sem você
as palavras saem com dificuldade
assim, sem inspiração
assim, sem movimento
o papel fica vazio
como vazia ficaram nossas vidas
assim, sem você,
há um ano.

Ainda assim, seu amor
(aquele com tanta dificuldade)
ficou em nossas vidas
assim, tão bem inspirado
assim, tão bem cultivado
enche o papel e a vida
de saudades de você.
Há um ano.

Sua netinha mais linda do mundo
Sonnenstrahlen

Um comentário:

  1. A saudade é o amor que fica...
    Quanta saudade...
    Quanto amor...

    Poesia maravilhosa e homenagem linda, Kell!!!
    Beijos,
    Dri.

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.